Segunda-feira, 22 de Outubro de 2007

"Ruídos estranhos" na Procuradoria-Geral da República

Pinto Monteiro, Procurador-Geral da República, ouve uns "ruídos estranhos" no telemóvel e por isso, frivolamente, vem dizer ao semanário Sol que poderá estar sob escuta. Este é um exemplo típico da política à portuguesa! Não só Pinto Monteiro dá um tiro no pé ao dizer que está sob escuta, pois assim admite não controlar a Procuradoria, como incuba ainda mais um clima de insegurança que, de facto, tenho vindo a verificar.
Para tornar as declarações mais patéticas - e mais graves! – tudo isto porque o Sr. Procurador ouve uns “ruídos estranhos”. O que é isso, “ruídos estranhos”?
Inadmissível.
Publicado por Afonso Reis Cabral às 09:30
link para a posta | Comentar | Ver comentários (1)
Quarta-feira, 10 de Outubro de 2007

Afinal...

Ontem, todos os jornais diziam que sim, hoje já vêm dizer que não. Alguém - quem? - lançou o boato e todos decidiram dá-lo como certo. Ontem, o Expresso era peremptório: O Expresso sabe que o jornalista José Rodrigues dos Santos foi suspenso de funções e que será alvo de um processo disciplinar que visa o despedimento. Hoje, pelos vistos, a coisa muda de figura. Estamos bem, estamos...

No Público:

As notícias veiculadas nas últimas horas que davam conta de que José Rodrigues dos Santos ia ser alvo de um processo disciplinar e que já não apresentava mais o Telejornal não se confirmam. Em declarações ao PÚBLICO o pivô da RTP afirma que ainda não foi contactado pelo Conselho de Administração (CA) do operador público no âmbito das suas declarações à PÚBLICA no passado domingo. E o próprio CA ainda está a estudar as medidas a tomar.

Publicado por Afonso Reis Cabral às 07:41
link para a posta | Comentar | Ver comentários (2)
Terça-feira, 9 de Outubro de 2007

Metro de Lisboa

Fazer uma linha de metro não parece um desafio técnico muito difícil, ao que parece fazem-no desde o século XIX. No entanto, nós por cá, mesmo que no século XXI, achamos que é um grande feito construir uma linha entre o Terreiro do Paço e Santa Apolónia. Um atraso de dois anos e meio foi na verdade uma grande sorte! O Ministro Mário Lino justifica-se, dizendo: "O anterior túnel teve de ser abandonado para que fosse construído um novo, mudou-se o local da estação. Na prática foi todo um novo projecto." A incompetência desculpa a incompetência, ou seja, até fomos bastante bons a ser bastante maus visto termos feito todo um novo projecto em tempo recorde!
Não há crise, somos mesmo assim. Dia 22 de Dezembro temos festa.
Publicado por Afonso Reis Cabral às 18:18
link para a posta | Comentar
"I should find myself degraded if I descended to finding out if my convictions suited every man in the audience before I uttered them."
John Osborne
in A subject of scandal and concern

.Contribuidores

.Pesquisar:

 

.Últimas postas

. "Ruídos estranhos" na Pro...

. Afinal...

. Metro de Lisboa

.Arquivos

. Janeiro 2012

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Ligações



blogs SAPO

.Tags

. todas as tags

.subscrever feeds