Sábado, 8 de Setembro de 2007

Democracia sem valores, como é óbvio

O Governo, que irá receber de braços abertos Mugabe, diz que não recebe Dailai Lama, líder espiritual budista e Prémio Nobel da Paz.
Afirma Luís Amado: «Oficialmente, Dalai Lama não é recebido por responsáveis do Governo português, como é óbvio.» Este «óbvio», como é óbvio, é pouco óbvio! Questionado sobre o «é óbvio», o Ministro dos Negócios Estrangeiros remata em beleza, demonstrando a falta de valores que parece dominar o nosso Governo: «Pelas razões que são conhecidas.»
Publicado por Afonso Reis Cabral às 18:37
link para a posta | Comentar
1 comentário:
De António Sousa Leite a 16 de Setembro de 2007 às 00:52
isso das razoes conhecidas lembra-me qualquer coisa... não foi por isso que o amigo jorginho pôs o santana na rua?

Comentar posta

"I should find myself degraded if I descended to finding out if my convictions suited every man in the audience before I uttered them."
John Osborne
in A subject of scandal and concern

.Contribuidores

.Pesquisar:

 

.Últimas postas

. Está morto mas estamos vi...

. A 79 anos da quinta-feira...

. Le Clézio: Nobel da Liter...

. Dois anos!!

. Ai a crise!

. Morreu Dinis Machado

. Animator Vs Animation

. Angústia nas paredes

. Consumidores de gasolina ...

. Chega hoje o Outono

.Arquivos

. Janeiro 2012

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Ligações



blogs SAPO

.Tags

. todas as tags

.subscrever feeds