Quarta-feira, 13 de Junho de 2007

Crimes de Honra

Venho hoje escrever sobre uma situação que continua a deixar-me perplexa de tão corrente que ainda é, em pleno século XXI. O assunto que me deixa assim chocada são os assassinatos de honra realizados por algumas famílias muçulmanas extremistas um pouco por todo o mundo.
Ainda hoje li a história de Banaz, uma jovem de 20 anos a viver em Inglaterra, para quem possa pensar que estas coisas só acontecem no Médio Oriente. A própria família tomou a decisão de a matar, tarefa que executaram o tio e o próprio pai, que foram sentenciados a prisão perpétua, e outros homens, alguns dos quais conseguiram fugir. O motivo é tragicamente comum nestes crimes: Banaz apaixonou-se pelo homem errado (que também era muçulmano) e beijou-o, rejeitando assim o noivo que a família lhe impôs.
O que me indigna ainda mais é que a jovem procurou várias vezes a ajuda da polícia britânica pois a família já a havia tentado matar outras vezes. Mas o apelo foi tragicamente ignorado e as consequências foram mesmo as piores, acabando o corpo por ser encontrado dentro de uma mala de viagem, enterrada num jardim.
Recordo-me de um livro que nunca esqueci verdadeiramente, "Queimada Viva". Pego nele e é a mesma história que me está a ser contada:
"A minha mãe fala: - Não podemos pedir ao nosso filho, ele não será capaz, é muito novo. [...] Deves tratar dela, mas tens que te desembaraçar rapidamente. [...]
Sinto o cheiro a petróleo..."



Onde está a honra nestes crimes?
Publicado por Afonso Reis Cabral às 19:08
link para a posta | Comentar
4 comentários:
De Anónimo a 14 de Junho de 2007 às 01:51
O livro é um relato arrepiante...

Rita M.
De Anónimo a 13 de Junho de 2007 às 22:02
Os crimoes devem ser sempre denúnciados e bem púnidps
De Anónimo a 13 de Junho de 2007 às 21:52
Em relação a nós só estão atrasados cerca de 100 anos.Penso que os vão recuperar rapidamente.
De Anónimo a 5 de Maio de 2008 às 17:09
Sou uma jovem de 19 anos que ja leu o livro queimada viva.E recomendo este a todas as pessoas, pois e um livro que nos relata(com promenores)a vida de uma jovem na altura com 17 anos que foi queimada viva gravida de um menino,isto porque o amor antes do casamento era sinal de morte.Acho uma historia tragica mas com um final feliz.
Final esse que Souad fica com o seu filho e com mais 2 meninas do seu casamento ja na Europa.
É tambem uma historia que nos dá força pa viver-mos o dia -a -dia e pensar quando estamos mal que a alguem neste mundo fora que ta pior que nos. para ti Souad um grande beijinho e muita força.
Ass: Diana S.

Comentar posta

"I should find myself degraded if I descended to finding out if my convictions suited every man in the audience before I uttered them."
John Osborne
in A subject of scandal and concern

.Contribuidores

.Pesquisar:

 

.Últimas postas

. Está morto mas estamos vi...

. A 79 anos da quinta-feira...

. Le Clézio: Nobel da Liter...

. Dois anos!!

. Ai a crise!

. Morreu Dinis Machado

. Animator Vs Animation

. Angústia nas paredes

. Consumidores de gasolina ...

. Chega hoje o Outono

.Arquivos

. Janeiro 2012

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Ligações



blogs SAPO

.Tags

. todas as tags

.subscrever feeds