Terça-feira, 8 de Maio de 2007

Impunidade, até quando?

Em França (pelo segundo dia consecutivo!), centenas de carros incendiados, dezenas de polícias agredidos, centenas de manifestantes presos… Se fosse a extrema-direita a provocar estes distúrbios antidemocráticos, a polémica seria mais que muita, como é a extrema-esquerda, vota-se os acontecimentos ao silêncio da norma.
Até quando continuará esta impunidade unilateral?
O que mais me impressiona no meio disto tudo é a hipocrisia com que partidos profundamente antidemocráticos têm sempre pronta na ponta da língua, como se de um escarro se tratasse, a palavra liberdade que usam sempre que lhes convém. Falo nomeadamente do Partido Comunista Francês, que segundo o Rádio Clube Português está por trás de alguns motins levados a cabo em França nos últimos dois dias.
Publicado por Afonso Reis Cabral às 19:09
link para a posta | Comentar
"I should find myself degraded if I descended to finding out if my convictions suited every man in the audience before I uttered them."
John Osborne
in A subject of scandal and concern

.Contribuidores

.Pesquisar:

 

.Últimas postas

. Está morto mas estamos vi...

. A 79 anos da quinta-feira...

. Le Clézio: Nobel da Liter...

. Dois anos!!

. Ai a crise!

. Morreu Dinis Machado

. Animator Vs Animation

. Angústia nas paredes

. Consumidores de gasolina ...

. Chega hoje o Outono

.Arquivos

. Janeiro 2012

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Ligações



blogs SAPO

.Tags

. todas as tags

.subscrever feeds