Domingo, 3 de Agosto de 2008

Claro

Pacheco Pereira no Abrupto:

 

«Para que serve a RTP? Para nos falar do "portátil português" "Magalhães", patrocinado pelo Governo, de forma completamente propagandista e falsa (Telejornal das 20 horas), exactamente quando ele começa a ser criticado. Será que os jornalistas da RTP já leram alguma da informação disponível em Portugal e fora dele sobre o computador "português" (alguma aqui e aqui), ou, pior ainda, leram (ou alguém por eles) e resolveram insistir na propaganda para ver se passam por entre os pingos da chuva? A peça repete falsidades (o "computador português" p.e.) um sem número de vezes a ver se pega, mostra uma ignorância abissal, e é completamente desprovida de qualquer distanciação em relação às "mensagens" que o Governo quer passar.»

 

 

Publicado por Afonso Reis Cabral às 10:43
link para a posta | Comentar
"I should find myself degraded if I descended to finding out if my convictions suited every man in the audience before I uttered them."
John Osborne
in A subject of scandal and concern

.Contribuidores

.Pesquisar:

 

.Últimas postas

. Está morto mas estamos vi...

. A 79 anos da quinta-feira...

. Le Clézio: Nobel da Liter...

. Dois anos!!

. Ai a crise!

. Morreu Dinis Machado

. Animator Vs Animation

. Angústia nas paredes

. Consumidores de gasolina ...

. Chega hoje o Outono

.Arquivos

. Janeiro 2012

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Ligações



blogs SAPO

.Tags

. todas as tags

.subscrever feeds