Terça-feira, 13 de Novembro de 2007

Forças de expressão

Gabriel Drumond, deputado do PSD, atesta hoje numa entrevista ao Diário de Notícias a sua rebeldia separatista… Uma boa peça de humor absolutamente caricato – leia que vale a pena, se quer dar umas boas gargalhadas.
No entanto, o riso cessa quando Gabriel Drumond decide usar o que diz ser uma “força de expressão”, mas que a meu ver tem força a mais e expressão a menos. Quando a jornalista lhe pergunta se “vai liderar algum movimento”, o separatista diz “Não tenho armas, nem nada…” E esta?... Parece-me inacreditável que sequer ocorra ao deputado pensar em armas! Parece-me inacreditável que caia no erro de ter que se desculpar (ou justificar) logo de seguida…
No meio disto tudo, a única verdadeira força de expressão que ressalta aos olhos é uma Madeira independente.
Publicado por Afonso Reis Cabral às 17:51
link para a posta | Comentar
"I should find myself degraded if I descended to finding out if my convictions suited every man in the audience before I uttered them."
John Osborne
in A subject of scandal and concern

.Contribuidores

.Pesquisar:

 

.Últimas postas

. Está morto mas estamos vi...

. A 79 anos da quinta-feira...

. Le Clézio: Nobel da Liter...

. Dois anos!!

. Ai a crise!

. Morreu Dinis Machado

. Animator Vs Animation

. Angústia nas paredes

. Consumidores de gasolina ...

. Chega hoje o Outono

.Arquivos

. Janeiro 2012

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Ligações



blogs SAPO

.Tags

. todas as tags

.subscrever feeds