Domingo, 11 de Fevereiro de 2007

Conclusão:

O "sim" ganhou, o nascituro perdeu.
Publicado por Afonso Reis Cabral às 22:21
link para a posta | Comentar
5 comentários:
De Afonso Reis Cabral a 14 de Fevereiro de 2007 às 14:09
Caro anónimo das 4:59 AM,

Como resposta ao seu comentário, transcrevo parte de um artigo de opinião de Mário Pinto, ontem no renovado Público: “Quem resiste? Sobretudo os crentes, ouvi dizer. Os adeptos do sim disseram muitas vezes que na questão do aborto os católicos não deviam pretender impor uma moral confessional num Estado laico. São portanto os não crentes a identificar a fé religiosa como inspiração da cultura de defesa intransigente da vida. Com essa alegação, pretendem ilegalizar a cidadania dessa cultura. Porém, sem razão. Foram os católicos, inclusive os bispos, a dizer que a defesa da vida vale por si mesma, no plano da laicidade, com plena autonomia racional cultural; e que é nesse plano que os católicos intervêm.
A propósito, recordo que, numa entrevista que ficou célebre, o famoso filósofo e jurista italiano Norberto Bobbio, laico e liberal progressista, expoente da luta pelos direitos humanos, pela democracia e pela paz, afirmou que “o direito do nascituro pode ser respeitado somente deixando-o nascer”, acrescentando: “surpreendo-me que os laicos deixem aos crentes a honra de afirmar que não se deve matar.”
De Anónimo a 14 de Fevereiro de 2007 às 04:59
Felizmente os portugueses já sabem pensar pelas suas cabecinhas e já não houvem os palhaços da Igreja!!! Viva a Democracia!
De Afonso Eça de Queiroz Cabral a 12 de Fevereiro de 2007 às 14:39
Afonso e Zé Tomás,
Dou-vos os maiores e mais sinceros parabéns pelo empenhamento, generosidade, civismo, inteligência e educação com que lutaram pela nobre causa do Não à cultura da morte e à irresponsabilidade sexual.
Quero lembrar-vos que a RAZÃO nunca perde e o futuro pertence-lhe.
Quero agradecer-vos a fresca lufada de juventude e esperança com que arejaram esta atmosfera miasmática e envelhecida.
É com o maior orgulho e honra que sou Pai de um e amigo de outro.
BEM HAJAM !!!
De José Tomás Costa a 12 de Fevereiro de 2007 às 00:16
Prognóstico: a banalização do aborto...
De jose sousa pinto a 11 de Fevereiro de 2007 às 22:58
Conclusão: começou o campeonato de corrida ao aborto...

Comentar posta

"I should find myself degraded if I descended to finding out if my convictions suited every man in the audience before I uttered them."
John Osborne
in A subject of scandal and concern

.Contribuidores

.Pesquisar:

 

.Últimas postas

. Está morto mas estamos vi...

. A 79 anos da quinta-feira...

. Le Clézio: Nobel da Liter...

. Dois anos!!

. Ai a crise!

. Morreu Dinis Machado

. Animator Vs Animation

. Angústia nas paredes

. Consumidores de gasolina ...

. Chega hoje o Outono

.Arquivos

. Janeiro 2012

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Ligações



blogs SAPO

.Tags

. todas as tags

.subscrever feeds