Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008

Nélson! Vanessa!


Nélson Évora - MEDALHA DE OURO NO TRIPLO SALTO

com a marca de 17,67

 

Vanessa Fernandes - MEDALHA DE PRATA TRIATLO

Publicado por Afonso Reis Cabral às 15:17
link para a posta | Comentar | Ver comentários (6)
Quarta-feira, 20 de Agosto de 2008

Tragédia em Madrid

O Ministério do Interior espanhol indica que pelo menos 45 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas, no acidente que ocorreu, por volta das 14h45,  quando o avião da Spanair tentava descolar do aeroporto de Barajas (Madrid) com destino a Gran Canaria.

Segundo informações não confirmadas, que estão a ser avançadas pelo "El Mundo", o número de mortos é de 150 e apenas 28 pessoas foram evacuadas com vida.

O aparelho - McDonnell Douglas MD-82 - partiu-se em dois e ficou a arder, causando uma enorme nuvem de fumo.

A bordo do voo JKK 5022 seguiam 178 pessoas. O acidente poderá ter sido causado por uma falha de um dos motores do lado esquerdo do aparelho, o que o terá impedido de descolar, acabando por sair da pista e incendiar-se.

Publicado por Afonso Reis Cabral às 17:15
link para a posta | Comentar | Ver comentários (1)
Domingo, 17 de Agosto de 2008

Esperanças

 
Os Jogos Olímpicos têm sido bastante fracos para Portugal. Ainda não vimos o brilho de uma única medalha e o discurso é sempre o mesmo: «tantos de tal alcançou um honroso 9 lugar» e «em Londres espera estar no pódio».

Restam ainda boas apostas. Na madrugada do dia de amanhã, por exemplo, Vanessa Fernandes, a super-atleta do Triatlo, vai lutar pela distinção que lhe falta: a medalha de ouro. Naide Gomes e Nélson Évora também estão aí a lutar pelo pódio.

Para os portugueses que estão a milhares de quilómetros de Pequim só resta ficar acordado até tarde e fazer figas…

Tags:
Publicado por Afonso Reis Cabral às 22:03
link para a posta | Comentar | Ver comentários (4)
Sexta-feira, 8 de Agosto de 2008

Tribos da Etiópia (3)

 

 

Fotos de Hans Silvester.

Publicado por Afonso Reis Cabral às 10:00
link para a posta | Comentar | Ver comentários (2)
Quinta-feira, 7 de Agosto de 2008

Quando se transforma o desporto em política

 

Começam amanha os Jogos Olímpicos de Pequim e o que pretendia ser um sucesso político tem-se revelado cada vez mais uma montanha-russa de incidentes, mal-entendidos e violências.
Ontem, por exemplo, os atletas dos EUA, num brilhante golpe político ou num deprimente gesto de ingenuidade, chegaram ao aeroporto de Pequim munidos de máscaras contra a poluiçao. E os resistentes pelo Tibete, esses, nao desistem e erguem palavras de luta.
Para além disto, vê-se que a China encena a todos os níveis uma simpatia internacional que nao é sua, uma liberdade apenas aparente e uma organizaçao que tem tanto de milimétrica como de brutal, já que se fecham fábricas e desalojam milhares de pessoas para construir infra-estruturas.
A China mais parece uma corda super tensa que a cada batidela ameaça partir, estraçalhando todos os que se encontram à sua volta.
Enquanto isto, e porque quem sofre realmente sao os chineses mais miseráveis - embora estes sorriam sempre para as câmaras - a comunidade internacional solta ahs! perante a beleza do Ninho de Pássaros...

 

-----------------

PS- Nao sei como, mas o til fugiu... Esperemos que volte!

Publicado por Afonso Reis Cabral às 15:00
link para a posta | Comentar | Ver comentários (3)
Quarta-feira, 6 de Agosto de 2008

Tribos da Etiópia (2)

 

 

Fotos de Hans Silvester.

Publicado por Afonso Reis Cabral às 10:00
link para a posta | Comentar | Ver comentários (1)
Segunda-feira, 4 de Agosto de 2008

Tribos da Etiópia (1)

 

 

Fotos de Hans Silvester.

Publicado por Afonso Reis Cabral às 10:00
link para a posta | Comentar | Ver comentários (2)
Domingo, 3 de Agosto de 2008

Claro

Pacheco Pereira no Abrupto:

 

«Para que serve a RTP? Para nos falar do "portátil português" "Magalhães", patrocinado pelo Governo, de forma completamente propagandista e falsa (Telejornal das 20 horas), exactamente quando ele começa a ser criticado. Será que os jornalistas da RTP já leram alguma da informação disponível em Portugal e fora dele sobre o computador "português" (alguma aqui e aqui), ou, pior ainda, leram (ou alguém por eles) e resolveram insistir na propaganda para ver se passam por entre os pingos da chuva? A peça repete falsidades (o "computador português" p.e.) um sem número de vezes a ver se pega, mostra uma ignorância abissal, e é completamente desprovida de qualquer distanciação em relação às "mensagens" que o Governo quer passar.»

 

 

Publicado por Afonso Reis Cabral às 10:43
link para a posta | Comentar
Sábado, 2 de Agosto de 2008

Medeia

 

Há por vezes episódios da vida real que encarnam a essência da ficção. Desta vez Medeia é inglesa e a tragédia grega de Eurípides foi representada recentemente na versão mais simples e pérfida que se possa imaginar.
Emma Hart sempre tivera problemas nos seus relacionamentos e reagia explosiva às separações, vendo-se assolada por um acesso de ódio e rancor quando observava os seus companheiros seguirem a vida sem ela. Tal como Medeia, Emma poderia ter dito: «Ai de mim! Que desabe sobre a minha cabeça o fogo do céu! Que interesse tenho ainda em viver? Ah, antes a morte me precipite e me liberte de uma existência odiosa.»
No entanto, é depois de conhecer Shaun Dangerfield, de por ele se apaixonar e dele ter um filho, Lewis, que verdadeiramente Medeia nasce em si. Estupefacta, viu Shaun, o seu Jasão, correr para os braços de uma incauta Créusa, deixando-a «aniquilada e infeliz». Ruminada em depressão, Emma viveu à custa de anti-depressivos que acalmavam, mas não o suficiente, os seus sentimentos de vingança. E a vingança foi desenhando os contornos do plano: a única maneira de fazer Shaun sofrer era matar o seu próprio filho. Emma não teve nenhuma Corifeia como confidente, mas se esta lhe perguntasse: «Ousarás matar o teu filho, mulher?», responderia como Medeia: «É isso que sobretudo despedaçará o coração do meu marido.»
Assim, o inocente Lewis, de cinco anos, viu-se obrigado a engolir uma bateria letal de anti-depressivos. Medeia, ao contrário de Emma, resistiu ao horror do que fizera e antes de fugir teve tempo de enfrentar Jasão. Emma, essa, fugiu no dia seguinte à sua maneira, suicidando-se, mas não antes de escrever um bilhete a Shaun onde resume o seu reflexo de Medeia: «Eu disse que te iria fazer pagar. Goza a tua vida, agora. (…) Mas lembra-te, é tudo culpa tua.»
A realidade, por não ser ficção, é sempre pior do que uma tragédia grega. Tomara que assim não fosse.

 

Quadro: Paul Cézanne

Publicado por Afonso Reis Cabral às 10:24
link para a posta | Comentar | Ver comentários (1)
Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

Novas de outro mundo

A NASA confirmou esta sexta-feira a existência de água em Marte, com base nas análises de laboratório realizadas na sonda exploradora "Phoenix", pondo fim a vários anos de especulação sobre a a existência de água naquele planeta.

Tags:
Publicado por Afonso Reis Cabral às 11:58
link para a posta | Comentar | Ver comentários (1)
"I should find myself degraded if I descended to finding out if my convictions suited every man in the audience before I uttered them."
John Osborne
in A subject of scandal and concern

.Contribuidores

.Pesquisar:

 

.Últimas postas

. Está morto mas estamos vi...

. A 79 anos da quinta-feira...

. Le Clézio: Nobel da Liter...

. Dois anos!!

. Ai a crise!

. Morreu Dinis Machado

. Animator Vs Animation

. Angústia nas paredes

. Consumidores de gasolina ...

. Chega hoje o Outono

.Arquivos

. Janeiro 2012

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Ligações



blogs SAPO

.Tags

. todas as tags

.subscrever feeds