Quinta-feira, 5 de Julho de 2007

Poesia breve III - Antes de adormecer

Imagem:
"Noite"

Edward Munch


Há presságios de sonho
Na calmaria adormecida desta noite.
Há móveis que estalam
No compasso dos olhos a fechar.
Há uma brisa incómoda
Na serrania dos lençóis.
Há um restolhar soturno
Num suspiro de sono.

Publicado por Afonso Reis Cabral às 14:03
link para a posta | Comentar
2 comentários:
De Afonso Reis Cabral a 5 de Julho de 2007 às 20:57
Caro anónimo das 8:57,

Obrigado, ainda bem que gosta.
De Anónimo a 5 de Julho de 2007 às 20:57
Caro ARC,
Gosto muito.

Comentar posta

"I should find myself degraded if I descended to finding out if my convictions suited every man in the audience before I uttered them."
John Osborne
in A subject of scandal and concern

.Contribuidores

.Pesquisar:

 

.Últimas postas

. Está morto mas estamos vi...

. A 79 anos da quinta-feira...

. Le Clézio: Nobel da Liter...

. Dois anos!!

. Ai a crise!

. Morreu Dinis Machado

. Animator Vs Animation

. Angústia nas paredes

. Consumidores de gasolina ...

. Chega hoje o Outono

.Arquivos

. Janeiro 2012

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Ligações



blogs SAPO

.Tags

. todas as tags

.subscrever feeds