Domingo, 9 de Dezembro de 2007

Cimeira UE-África II

Sobre este assunto estou sempre aberto a sugestões, pelo que admito desde já partir de premissas erradas – digam-me vocês.


Também me incomoda a presença de facínoras como Mugabe ou Khadhafi (apenas os dois exemplos mais mediáticos) em Portugal, mas numa cimeira UE-África, dadas as circunstâncias desse grande continente de ébano, a presença de ditadores era inevitável. Uma cimeira sem eles não valeria a pena, por não ser representativa.
O diálogo, embora fervilhe a priori de natural repugnância por parte do ocidente, parece ser a única opção. O ostracismo, por sua vez, não tem surtido efeito. Atenção que “diálogo” não é sinónimo de “conivência”. Isso nunca! Assim, o discurso de abertura proferido ontem por José Sócrates não me pareceu mal de todo. O Presidente da União Europeia balizou desde logo os pontos essenciais a ter em conta: a paz e a segurança, a democracia e os direitos humanos, as migrações e as alterações climáticas. Para além disto, quando poderia não o ter feito, apontou casos particulares como o Zimbabué ou o Sudão.
À parte fait divers como as discussões sobre o colonialismo (ah, a “culpa” sempre a martelar!), penso que a cimeira foi um bom ponto de partida para a compreensão e desenvolvimento de África através da construção de uma parceria estratégica viável e duradoura. Não fazer nada é que não leva a lado nenhum.
Podem chamar esta minha interpretação de ingenuidade, eu chamo-lhe esperança.

::::::::::::::::::::::::::::
Para saber mais sobre os ditadores presentes na cimeira vale a pena ler a série Este Ditador Vem a Lisboa, de Pedro Correia.
Publicado por Afonso Reis Cabral às 16:57
link para a posta | Comentar
1 comentário:
De altohama a 9 de Dezembro de 2007 às 20:11
Felizes e contentes os poucos que têm milhões continuarão a estar-se nas tintas para os milhões que têm pouco, ou nada.

Cumprimentos,

Alto Hama

Comentar posta

"I should find myself degraded if I descended to finding out if my convictions suited every man in the audience before I uttered them."
John Osborne
in A subject of scandal and concern

.Contribuidores

.Pesquisar:

 

.Últimas postas

. Está morto mas estamos vi...

. A 79 anos da quinta-feira...

. Le Clézio: Nobel da Liter...

. Dois anos!!

. Ai a crise!

. Morreu Dinis Machado

. Animator Vs Animation

. Angústia nas paredes

. Consumidores de gasolina ...

. Chega hoje o Outono

.Arquivos

. Janeiro 2012

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

.Ligações



blogs SAPO

.Tags

. todas as tags

.subscrever feeds